o facto é que

apesar de em certos dias me tratares com uma distância simulada, calculada quase ao milésimo de segundo (os olhos não mentem), uma distância técnica, digamos, no que sobra eu denoto o teu jogo de gato e rato, ora dás o queijinho, ora tiras. E eu faço o mesmo. A nossa sorte tem sido mesmo andarmos desencontrados nos tempos em que invertemos os papéis, porque senão um de nós tinha já comido o outro.

Sem comentários: